São Francisco

São Francisco de Assis nasceu na cidade de Assis, na Itália, em 1182. Filho de um rico comerciante de tecidos, Pietro Bernardone, e de D. Pica, francesa de grande ternura. Francisco, na sua juventude, tirou todos os proveitos de sua condição social vivendo entre os amigos nas alegrias das festas. Tentou como o pai seguir a carreira de comerciante, mas a tentativa foi em vão.

Sonhou então, com as honras militares. Aos vinte anos, alistou-se no exército de Gualtieri de Brienne que combatia pelo papa, mas a caminho da guerra teve um sonho revelador. Alguém lhe perguntava quem era mais importante: "o Patrão ou o servo". Respondendo que era o patrão, a voz lhe pergunta “porque então segue ao servo?”. Assim, ele retorna com a convicção de que receberia posteriormente novas orientações.

Suas revelações não parariam por aí. Em Assis, o santo dedicou-se ao serviço de doentes e pobres. Um dia do outono de 1205, enquanto rezava na igrejinha de São Damião, ouviu a imagem de Cristo lhe dizer: "Francisco, restaure a minha casa que como vês está em ruínas". Esta experiência foi tão forte em seu espírito que São Francisco tomou a ordem no sentido literal, começando a procurar modos de reconstruí-la. Inicialmente, vendeu as mercadorias da loja do pai para restaurar a igrejinha. Como resultado, o pai de São Francisco, indignado com o ocorrido, procurou deserdá-lo publicamente. Neste dia aconteceu uma das páginas mais belas da história cristã quando são Francisco despe-se diante de todos passando a chamar somente a Deus de Pai.

Com a renúncia definitiva aos bens materiais paternos, São Francisco deu início à sua vida religiosa, "unindo-se à Irmã Pobreza". Fundou a Ordem dos Frades Menores, que em poucos anos se transformou numa das maiores da Cristandade. No ano de 1212, Clara de Assis procura São Francisco para iniciar a mesma vida que ele então levava. É o início do ramo feminino da Ordem.

Posteriormente, para os leigos que viviam no mundo, mas desejavam ser fiéis ao espírito de pobreza e participar das graças e privilégios da espiritualidade franciscana, Francisco fundou a Ordem Terceira.

A devoção a Deus não se resumiria em sacrifícios, mas também em dores e chagas. Enquanto realizava uma de suas inúmeras quaresmas no Monte Alverne, em setembro de 1224, apareceu-lhe um Serafim alado imprimindo no seu corpo as cinco chagas de Cristo, e no seu coração o amor que o Filho de Deus estava tomado por cada um de nós quando se entregou no madeiro glorioso: dois desejos que o santo expressara nas suas orações nesta quaresma. Os estigmas que lhe apareceram no corpo, foram grande fonte de fraqueza física e, dois anos após o fenômeno, São Francisco de Assis foi chamado ao Reino dos Céus.

O amor de Francisco tem um sentido que rompe as barreiras de uma religião, pois todos os seres são seus irmãos e são criaturas de Deus: irmão do sol, da água, das estrelas, das aves e dos animais. O "Cântico ao Sol", concluído perto da sua morte expressa este espírito. Canonizado em 1228 por Gregório IX, sua festa é celebrada no dia 4 de outubro.

Visit Review Site Coral www from this link.

Ação Social

Capuchinhos

Paróquia