Santa Clara

Santa Clara de Assis nasceu em Assis, Itália, no ano de 1194. Este nome foi escolhido por causa de uma inspiração que sua mãe teve de que haveria de ter uma filha que iluminaria o mundo.

Clara pertencia a uma nobre família. Era dotada de grande beleza. Herda da mãe o espírito religioso e desde cedo é impulsionada a realizar caridade para com os pobres.

Santa Clara ao conhecer o caminho seguido por Francisco de Assis, percebe que era tudo aquilo que o seu coração desejava e assim procura os meio de viver como ele.

Enfrenta a oposição da família, que pretendia arranjar-lhe um casamento vantajoso. Desde os quinze anos que inúmeros pretendentes lhe aparecem. Porém, aos dezoito anos, Clara abandona seu lar para seguir Jesus mais radicalmente. Vai ao encontro de São Francisco de Assis na Porciúncula no meio da noite para iniciar o ramo feminino da Ordem Franciscana. Elas passariam a ser conhecidas como as Damas Pobres e, posteriormente, como Clarissas. Viveu na prática e no amor da mais estrita pobreza.

Operou seu primeiro milagre em vida demonstrando sua grande fé. Conta-se que uma das irmãs de sua congregação havia saído para pedir esmolas para os pobres que iam ao mosteiro. Como não conseguiu quase nada, voltou desanimada e foi consolada por Santa Clara que lhe disse: "Confia em Deus !" Quando a santa se afastou, a outra freira foi pegar o embrulho que trouxera e não agüentou mais levantá-lo. Tudo havia se multiplicado. Em outra ocasião, quando da invasão de Assis pelos sarracenos, Santa Clara apanhou o cálice com hóstias consagradas e enfrentou o chefe deles, dizendo que Jesus Cristo era mais forte que eles. Os agressores, tomados de repente por inexplicável pânico, fugiram. Por este milagre é que Santa Clara segura o cálice na mão.Um ano antes de sua morte em 1253, Santa Clara não podendo participar da celebração presenciou toda a liturgia deitada em sua cama. Quando as irmãs vieram lhe contar como havia sido, elas ficaram profundamente impressionadas ao ouvir Santa Clara relatar a Graça recebida. Por este episódio ela é aclamada como padroeira da televisão.

Santa Clara sempre quis ter o privilégio da santíssima pobreza e podemos dizer que só voou livre para os céus quando o Papa lhe concedeu às vésperas de sua morte.

Celebra-se a sua festa no dia 11 de agosto

Visit Review Site Coral www from this link.

Ação Social

Capuchinhos

Paróquia